fbpx

Que a capital paulista encanta com sua arquitetura, gastronomia e efervescência cultural, todo mundo já sabe. Afinal, a identidade da cidade mais populosa da América Latina é composta por ecletismo, que a torna nada óbvia e cheia de vida. 

Apesar das diversas opções, algumas coisas não podem deixar de constar na lista de quem passa por aqui. Por isso, confira o que fazer em São Paulo para incluir no seu roteiro pela Terra da Garoa. 

Rolês para fazer em São Paulo e conhecer a cidade

Listamos o que fazer em São Paulo por região. Assim fica melhor para você planejar o seu roteiro.

Mas vale lembrar que antes de ir para algum desses pontos turísticos de SP, é importante entrar em contato com o local para confirmar se o mesmo está aberto e como está funcionando, devido a pandemia. Agora sim, vamos lá!

Avenida Paulista

A Paulista é um verdadeiro polo cultural a céu aberto, e surpreende seus visitantes a cada passo. 

Na principal avenida de São Paulo, você pode pedalar pela ciclovia, aproveitar shows ao vivo de artistas de rua, provar diferentes sabores entre as muitas opções gastronômicas disponíveis. Assim, nela você vai perceber a grande pluralidade dessa cidade, no fluxo multicultural de pessoas indo e vindo. 

Além disso, um dos principais passeios em São Paulo é passar um domingo na Paulista, quando a avenida fica liberada apenas para pedestres. Vale a pena percorrê-la de ponta a ponta, aproveitando tudo o que surgir pelo caminho.

Avenida Paulista, um dos principais programas para fazer em São Paulo
Imagem/Reprodução Trip Adivisor

E por falar em caminho, no seu rolê pela Paulista dá para incluir outros pontos turísticos de São Paulo. Olha só:

Casa das Rosas

Mesmo localizada na Avenida Paulista, a Casa das Rosas proporciona calmaria em meio ao caos. Isso porque esse antigo casarão com estilo francês é rodeado por belos jardins floridos com rosas, por isso o seu nome. 

A Casa das Rosas oferece programação cultural, principalmente com foco em literatura e poesia. Além disso, tem um café bem gostoso em meio a área verde, que transforma totalmente o ritmo de Sampa. 

📍Av. Paulista, 37 – Bela Vista.

Japan House

Se você gosta de arquitetura contemporânea, também não pode deixar de incluir a Japan House SP no seu roteiro pela Avenida Paulista. 

Esse centro cultural proporciona uma experiência imersiva na cultura japonesa e, além da arquitetura icônica, conta também com exposições, biblioteca, lojas, restaurante e café.

📍Av. Paulista, 52 – Bela Vista.

MASP

Outro rolê clássico na Paulista é visitar o Museu de Arte de São Paulo, o MASP, um dos cartões postais da cidade. 

Por dentro, o local abriga um dos principais acervos do nosso país, com obras de Portinari, Anita Malfatti, Picasso, Van Gogh, entre outros. Já pelo lado de fora, além da arquitetura imponente, o MASP também é um ponto de encontro e aos domingos abriga a Feira de Antiguidades.

📍Av. Paulista, 1578 – Bela Vista.

Mirante Sesc Paulista

No Mirante do Sesc Paulista você consegue ver São Paulo do alto e admirar o sol se pôr entre a imensidão de edifícios. Além disso, o prédio conta com a conhecida programação cultural do Sesc. 

📍Av. Paulista, 119 – Bela Vista.


Bairro da Liberdade

Você sabia que na Liberdade se encontra a maior concentração de japoneses fora de seu país natal?

O bairro nipônico de SP atrai muitos turistas, não só pelos seus característicos postes, mas também pelas inúmeras lojas que são uma verdadeira perdição para quem gosta de fazer compras e provar coisas diferentes.

Além disso, aos finais de semana acontece a Feira da Liberdade, que reúne muita cultura e artesanato. Você também pode conhecer o Jardim Oriental Liberdade, um respiro de paz na agitação do bairro.

Bairro da Liberdade, um dos principais pontos turísticos de SP
Imagem/Reprodução Casa Vogue


Centro Antigo de São Paulo

O Centro Antigo de SP é cheio de charme e um belo convite para voltar no tempo. Para melhorar essa experiência e conhecer mais sobre a história da capital paulista, vale a pena fazer um Free Walking Tour, e pagar o quanto você achar que vale o passeio.

Mas se você for turistar por conta própria, veja o que não pode deixar de conhecer:

Catedral da Sé

A imponente Catedral da Sé é um ponto turístico obrigatório quando o assunto é o que fazer em São Paulo. Localizada na Praça da Sé, ao lado da estação de Metrô de mesmo nome, a catedral tem estilo gótico e encanta todo mundo que passa por ela. 

A Catedral da Sé sempre está presente em listas com o que fazer em São Paulo

Não deixe de entrar para ver toda sua beleza interior, e também tem a visita guiada à Cripta da Sé. Além disso, o monumento do Marco Zero de São Paulo fica na mesma praça, em frente à igreja.

📍Praça da Sé, s/n – Sé.



Edifício Copan

Obra de Oscar Niemeyer, o Copan é icônico, cartão postal e um dos orgulhos dos paulistanos. 

O edifício modernista possui opções de hospedagens, diversas lojinhas, inclusive uma locadora, e lanchonetes. Além disso, também tem visita guiada para subir no alto de seus 115 metros para admirar SP de um ângulo muito privilegiado!

📍Av. Ipiranga, 200 – Centro Histórico de SP.

Farol Santander

Outro prédio histórico de São Paulo, o Farol Santander, conhecido também como o antigo Banespão, possui 161 metros de altura e permite que você suba até o topo, no seu mirante. Assim, lá de cima você tem uma vista 360° da cidade.

Além disso, o edifício sempre traz exposições incríveis que também valem a pena conhecer na sua visita.

📍Rua João Brícola, 24 – Centro Histórico de SP.

Galeria do Rock

Muito além de um point para os roqueiros da cidade, a Galeria do Rock com suas curvas, vãos e multicultura, também é um dos principais pontos turísticos de SP. 

Então, não deixe de entrar para conhecer as lojas, observar o público e sentir a vibe única que só esse lugar tem.

📍Av. São João, 439 – República.

Mercado Municipal

O Mercado Municipal é o lugar para provar muitas frutas frescas, conhecer sabores diferentes, e experimentar o famoso lanche de mortadela do Mercadão de SP

Além disso, é claro, não deixe de apreciar também toda a arquitetura eclética desse prédio histórico.

Vale dizer que a Rua 25 de Março fica bem pertinho do Mercadão, e você consegue ir andando. Então, se tiver curiosidade de conhecer esse comércio tão famoso, aproveite para incluir nesse passeio.

📍Rua Cantareira, 306 – Centro Histórico de SP.

Mosteiro de São Bento

O Mosteiro de São Bento é outro lugar para encher os olhos de beleza. Isso porque sua arquitetura do século XVII, encanta por todos os lados. E se você for uma pessoa religiosa, pode deixar para conhecê-la em um dia de missa.

Além disso, não deixe de aproveitar esse passeio para tomar um café na Padaria do Mosteiro São Bento, que tem opções deliciosas no menu, como biscoitos, bolos, geleias, pães e até cervejas. 

📍Largo São Bento, s/n – Centro Histórico de SP.

Sampa Sky

A grande novidade da cidade, o Sampa Sky está localizado no prédio mais alto de São Paulo, até então, o Edifício Mirante do Vale, com 170 metros.

A atração fica no 42° andar, e dessa altura ficam seus dois decks totalmente de vidro. Deles é possível ver os carros passando sobre seus pés, além de admirar os edifícios a perder de vista. 

Para completar, o local ainda conta com um café e pontos estratégicos para fotos instagramáveis.

📍Praça Pedro Lessa, 110 – Centro Histórico de SP.


Theatro Municipal

Seja para assistir um concerto ou fazer uma visita guiada, não deixe de conhecer o Theatro Municipal de São Paulo. Afinal, ele é um dos teatros mais importantes do Brasil, e traz um misto de estilos arquitetônicos que o tornam singular.

📍Praça Ramos de Azevedo, s/n – República.


Estação da Luz

A Estação da Luz também atrai muitos turistas, devido à sua arquitetura e beleza, que lembram construções inglesas.

Estação da Luz é uma das atrações para quem quer saber o que fazer em São Paulo
Imagem/Reprodução Wikipedia

Mas, além da estação, nesse mesmo passeio você pode incluir:

Museus

Por falar nos museus em torno da Estação da Luz, veja outras opções na cidade, caso você goste desse tipo de atração:

  • Museu da Casa Brasileira

Abrigo um grande acervo de móveis e artes, o Museu da Casa Brasileira conta com exposições permanentes e temporárias. Mas, além disso, também promove apresentações musicais.

📍Av. Brigadeiro Faria Lima, 2705 – Jardim Paulistano.

  • Museu do Futebol

O Museu do Futebol é interativo e divertido tanto para fãs do esporte, quanto para quem não curte muito. Ele conta a história e curiosidades do futebol, e tem sessão dedicada só a Copa do Mundo, por exemplo.

📍Praça Charles Miler, s/n – Pacaembu.

  • Museu do Ipiranga

O tempo de restauração do Museu do Ipiranga é vergonhoso, e como ainda não foi concluído, não é possível conhecer o espaço por dentro. Mas você pode conhecer o Parque da Independência, que é lindo e, se tiver tempo no seu roteiro em São Paulo, vale a pena conhecer o prédio por fora e todo seu entorno.

📍Av. Nazaré, s/n – Ipiranga.



Pinheiros

Sobre o que fazer em São Paulo, também não pode faltar um rolê por Pinheiros, um dos bairros queridinhos da cidade. Por lá, você pode conhecer: 

  • o Mercado Municipal de Pinheiros, um espaço gastronômico perfeito para comer bem – Rua Pedro Cristi, 89;
  • a Praça Benedito Calixto, onde rola a Feira de Antiguidades com muitas barraquinhas, e em torno tem várias galerias com um monte de lojinhas legais – Entre as ruas Cardeal Arcoverde e Teodoro Sampaio;
  • a Praça do Pôr do Sol, point onde a galera se reúne para fazer piquenique e apreciar um dos momentos mais sagrados do dia: o pôr do sol – Praça Cel. Custódio Fernandes Pinheiro, 334.
Praça do pôr do sol é uma das atrações ao ar livre para fazer em São Paulo


Ruas de São Paulo

Reserve um tempo sem pressa para caminhar pelas tradicionais ruas Augusta e Oscar Freire. 

Vale a pena conhecer a Oscar Freire durante o dia, e passar por suas lojas luxuosas e restaurantes requintados. Por outro lado, a Rua Augusta fica mais interessante à noite, quando os barzinhos e casas noturnas abrem, e as calçadas se enchem de gente descolada. (lembrando que devido a pandemia, o ritmo da rua está diferente).

Sala São Paulo

Sede da Orquestra Sinfônica de SP, a Sala São Paulo é uma das mais importantes casas de concertos do país e está localizada no antigo edifício da Estrada de Ferro Sorocabana. Além de assistir a uma apresentação, você também pode fazer uma visita guiada e conhecer esse local lindo e histórico.

📍Praça Júlio Prestes, 16 – Campos Elíseos.

Interior da Sala São Paulo
Imagem/Reprodução SP City


Vila Madalena

A Vila Madá, como é chamada pelos frequentadores, é um dos bairros boêmios de São Paulo. Por isso, opções de barzinhos descolados são o que não faltam por lá!

Além disso, o famoso Beco do Batman também fica na Vila Madalena. Caminhar por entre os muros grafitados é um passeio incrível e imersivo na arte de rua, com muitos trabalhos de diversos artistas para você tirar fotos lindas.

O Beco do Batman sempre aparece em listas sobre o que fazer em São Paulo
Imagem/Reprodução Guia da Semana


Parque Ibirapuera

Por último, mas não menos interessante, o Ibira também não pode faltar em uma lista com o que fazer em São Paulo.

Parque do Ibirapuera visto de cima
Imagem/Reprodução Parque Ibirapuera

O Parque do Ibirapuera é lindo e enorme. Por isso, você pode passar o dia caminhando, alugar uma bicicleta, sentar em torno do lago, e também conhecer uma (ou algumas) das diversas atrações culturais que tem lá dentro:

Auditório Ibirapuera;

Mas lembre-se de conferir as programações disponíveis, antes de ir.

📍Av. Pedro Álvares Cabral – Vila Mariana.

Agora que você já sabe o que fazer em São Paulo, compartilhe o nosso post com quem vai conhecer a cidade com você! Além disso, aproveite e veja também a nossa seleção de trilhas perto de SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.