Essa podia ser mais uma história de pessoas que, insatisfeitas com suas profissões e carreiras, decidiram largar tudo para viajar e viver da sua arte, mas a nossa história não é exatamente essa.

Nunca fomos infelizes em nossos trabalhos. Dentre os altos e baixos de qualquer atividade, olhávamos para os nossos trabalhos e nossas carreiras com orgulho do que alcançamos até aquele momento e o que teríamos pela frente.

Porém, sempre passava pelas nossas cabeças se a vida seria aquilo mesmo: 1 ano de trabalho = 30 dias de férias. Teríamos 30 dias ou um pouco mais para ver o mundo, e ver o mundo em 30 dias por ano é pouco para nós.

Isso funciona para a maioria das pessoas, mas a gente queria ver mais. Conhecer mais. Sentir mais. E a verdade é que você só tem uma vida. Não existe outra chance. Você tem alguns poucos anos por aqui para poder experienciar esse mundo e criar sua história.

E um questionamento sempre vinha em nossas conversas: E quando chegar no fim da vida e olharmos para trás, do que vamos nos arrepender? Certamente nos arrependeríamos de não ter viajado mais e experienciado o mundo ainda mais.

Foi no fim de 2019 que pegamos nosso motorhome e, em meados de janeiro de 2020, partimos de São Paulo. O nosso roteiro é descer até o extremo sul da América Latina, passando pelo litoral Uruguaio até chegar ao Ushuaia, no sul da Argentina. De lá subiremos explorando a Patagônia entre a Argentina e o Chile, passando pelos desertos do Atacama no norte do Chile e o de sal (Salar de Uyuni), no sul da Bolívia. Passaremos pelo Peru, explorando as montanhas, praias e a cultura Inca, seguindo pelo Equador e pela Colômbia, quando cruzaremos para a América Central, em direção ao extremo norte das Américas, no Alaska.

Não sabemos o que vem pela frente e muito menos quem seremos ao final dessa jornada, mas sabemos que, no fim da nossa vida, vamos olhar para trás e vermos que tomamos a decisão certa de viver a vida e ver o mundo de forma intensa.”

Ale

Formado em direito, tendo advogado em um grande escritório de advocacia por 12 anos. Conheceu 37 países. Criou o GetOutside em 2013. Apaixonado por fotografia e por contar histórias.

Duda Cardoso

Dei um pause na advocacia pra ir de van até o Alaska 🚐, mas tô sempre pressing play pra yoga 🧘🏼‍♀ e veggie life 🥦.

“it’s about the journey, not the destination”