fbpx

Nosso plano era fazer o famoso circuito W em Torres del Paine, mas não conseguimos fazer a reserva dos refúgios e campings a tempo, então achamos uma excelente alternativa: Preparamos um roteiro de carro por Torres del Paine.

Preparamos também um post com todas as dicas para a sua viagem a Torres del Paine, dá uma lida lá!

Como gostamos muito de trilhas, ficamos muito frustrados em não poder fazer o famoso circuito W (contamos um pouco sobre as trilhas de Torres del Paine no outro post que preparamos). Ainda assim, o desafio era montar um roteiro de carro que nos permitisse fazer ao menos uma parte das trilhas do Circuito W, e no fim das contas achamos que nosso roteiro saiu muito bom. Conseguimos ver muito do parque, com muita flexibilidade e podemos fazer quase todo o W, com exceção dos trechos do meio.

Roteiro de carro por Torres del Paine – A escolha do carro

Temos um ponto bem relevante aqui. A escolha do nosso carro teve um papel fundamental em como fizemos nosso roteiro de carro por Torres del Paine.

Leia também:
Tudo o que você precisa saber sobre Torres del Paine
Tudo o que você precisa saber sobre a trilha Salkantay em Machu Picchu
O tour pelo Salar de Uyuni na Bolívia
As melhores hospedagens em Cusco
Deserto do Atacama: Tudo o que você precisa saber

No momento que vimos que não conseguiríamos hospedagem em todo o Circuito W, começamos a pesquisar alternativas que fossem mais a nossa cara. Poderíamos alugar um carro tradicional, nos hospedar em Puerto Natales ou até mesmo dentro do Parque de Torres del Paine, mas encontramos uma alternativa muito a nossa cara, graças à dica do Gui, do @nãomeesperaprojantar.

Roteiro de carro Torres del Paine

Nosso carro era, na verdade, um motorhome da Wicked South America. É um motorhome normal, mas com toda essa pintura colorida e uma vibe bem mochila.

No carro tínhamos toda estrutura de cozinha, com pia, água, utensílios de cozinha, fogão, etc, e também o espaço interno servia tanto como sala ou quarto, já que quando baixávamos a mesa (modo sala) e a parte interna da van virava uma cama super confortável (modo quarto).

Leia Também: Qual a melhor câmera para viagem em 2019

Isso nos resolveu também o problema da acomodação, e foi fantástico, porque podíamos dormir todos os dias em lugares diferentes e próximo do que gostaríamos de fazer no dia seguinte. Por exemplo, dormimos um dia na entrada para a trilha ao Mirador da Base das Torres. Acordamos, fizemos nosso café da manhã e partimos para a trilha sem enrolação.

Veja nosso vídeo em Torres del Paine:

A Wicked também tem outras alternativas de veículos, e vi outras pessoas alugando motor homes mais estruturados por lá. Isso vai um pouco de cada um, mas achamos o custo benefício da Wicked muito bom, porque resolvemos transporte e acomodação de uma vez só, e pagamos aproximadamente R$ 1.400 por 5 dias, além de aproximadamente R$ 360 de combustível. Nós dormíamos muito bem, ao lado de hotéis caros, e com conforto melhor do que de uma barraca.

Alugar essa van foi um ponto essencial do nosso roteiro de carro por Torres del Paine.

Roteiro de Carro por Torres del Paine – O que fizemos por lá

Antes de contar o roteiro de carro dia a dia, vou listar de forma rápida o que conseguimos fazer por lá em nossos 5 dias. É possível que você consiga até fazer mais, acordando mais cedo e tudo mais, e por isso vou colocar alguns pontos adicionais.

Em nosso roteiro de carro de 5 dias por Torres del Paine nós conseguimos:

  • Fazer a trilha até o Mirador Base de Las Torres;
  • Fazer uma trilha pela Laguna Azul;
  • Fazer a trilha do refúgio Paine Grande ao Glaciar Grey;
  • Percorrer o caminho lindo entre a entrada da Laguna Amarga e a Cafeteria Pudeto, onde você tem uma vista linda da cadeia de montanhas, com vários mirantes;
  • Nós não conseguimos fazer, mas é bem possível de encaixar a trilha até o Mirante Los Cuernos, passando pelo Salto Grande.

Resumindo, fizemos as duas extremidades (pernas de fora) do Circuito W, e encaixamos outras trilhas fora do Circuito, como a Laguna Azul.

Circuito W Torres del Paine

Roteiro de carro por Torres del Paine – dia a dia

O relato abaixo é do roteiro que fizemos por lá, mas você pode tranquilamente utilizar apenas como base e ir parando aonde você bem entender, já que a van dá a você essa alternativa.

Dia 1

Chegamos em Punta Arenas, e dormimos por lá. Neste post contamos um pouco sobre onde ficar e onde comer por lá. Punta Arenas é uma cidade pequena, mas que tem bons lugares para comer.

Dica importante: Veja o melhor seguro para trilhas e aventuras

Dia 2

Acordamos, tomamos café e fomos até o depósito da Wicked para pegar a van (um táxi do centro até lá saiu por R$ 29). A verdade é que não acordamos tão cedo, o que acabou atrasando um pouco nosso percurso. Dica: tente chegar o mais cedo possível na Wicked para pegar sua van antes de todos.

Depois de pegarmos a van, fomos a um supermercado próximo para comprar tudo o que precisaríamos para cozinhar na van nos próximos dias. Gastamos R$ 260 em mantimentos para café da manhã, almoço e janta. Compramos frutas, água, suco, vinho, cereal, massa, um risotto pré pronto, molhos, pão, frios, etc. Comemos muito bem nesses dias.

Ainda em Punta Arenas enchemos o tanque da van, que vem vazio, e gastamos R$ 136.

Abastecimento em Puerto Natales

Com a van abastecida, partimos em direção a Torres del Paine. Paramos rapidamente em Puerto Natales, pois precisávamos abastecer novamente. Como Puerto Natales é a última cidade antes de Torres del Paine, é essencial que você encha o tanque aqui para ter combustível para rodar pelo Parque. Gastamos mais R$ 92 para completar o tanque, e seguimos para Torres del Paine.

Você irá percorrer aproximadamente 250 km em seu roteiro de carro entre Punta Arenas e Puerto Natales, e depois mais 105 km no seu roteiro entre Puerto Natales e a parada da sua primeira noite, que é onde fica a Cafeteria Pudeto e o ponto de partida do catamarã que levará você até a sua trilha do dia seguinte.

No caminho até a Cafeteria Pudeto você passará pela entrada do Parque onde terá que comprar suas entradas. Aqui novamente recomendo uma lida no post que fizemos sobre nossa passada por Torres del Paine.

Um ponto de parada no caminho é o Mirador Condor, que nós não conseguimos fazer, mas dizem ser bem bonito. Se você pesquisar no Google Maps verá exatamente o ponto de parada.

O trajeto logo após a entrada do parque em direção a Pudeto é lindo demais, e nós paramos para fazer umas fotos por lá.

Roteiro de carro por Torres del Paine

A Cafeteria Pudeto é um dos lugares oficiais onde você pode estacionar seu carro ou motorhome e dormir, já que a cafeteria, apesar de fechada, deixa uma estrutura de banheiros aberta a noite toda. O visual ao lado do lago é lindo demais, um bom lugar para ver o sol se pôr e o amanhecer.

Se você chegar com tempo e disposição, comece a trilha até o Mirador Los Cuernos para ver o pôr do sôl num dos lugares mais lindos da sua vida, passando pelo Salto Grande. A trilha leva em torno de 1 hora apenas. Nós não conseguimos, infelizmente.

Dia 3

Neste dia você vai deixar a van estacionada e pegar o catamarã até o Refúgio Paine Grande. Você compra o ticket do catamarã no próprio barco, e ele sai por aproximadamente R$ 170 ida e volta por pessoa. O primeiro catamarã sai às 9 da manhã (esse horário muda a partir de abril em razão do frio, então é bom verificar sempre), e muita gente chega direto de excursões vindas de Puerto Natales, então rola uma fila. É bom você estar pronto para embarcar antes dessa galera toda.

Após 35 minutos de navegação, você chega no Refúgio Paine Grande, um dos vértices do W. Daqui você inicia sua trilha até o Glaciar Grey, em um percurso de aproximadamente 11 km de ida.

Você pode optar por dormir no Refúgio Grey ou no Camping, ou fazer o caminho de volta no mesmo dia e dormir no Refúgio Paine Grande ou camping, para voltar logo cedo de catamarã para a sua van e seguir viagem.

No mapa acima, o Refúgio Paine é o marcador verde, e o Refúgio Grey, o marcador vermelho.

Nós dormimos no Paine Grande, em uma barraca que já deixamos alugada (importante que você reserve com antecedência). Como começaríamos nossa trilha a partir do Paine Grande e dormiríamos ali no fim do dia, deixamos nosso saco de dormir e outras coisas mais pesadas no Refúgio e fizemos a trilha até o Grey (marcador vermelho) com mochilas mais leves.

A trilha não é muito íngreme, apesar de ter alguns poucos trechos de subidas e descidas. Você certamente pegará muito vento e frio, mas a paisagem certamente compensa. A visão do Glaciar Grey e das geleiras é algo que não esqueceremos e certamente foi um dos pontos altos do nosso roteiro de carro por Torres del Paine.

Leve roupas leves, e esteja preparado para bastante vento e frio. Apesar de você poder comprar comida no Refúgio Paine Grande ou no Grey, na chegada, leve algo para ir comendo no caminho. Sobre água, leve uma garrafa de 1 litro apenas, pois você vai encontrar inúmeros cursos d’água que vêm direto da geleira para poder encher sua garrafa.

Roteiro de carro por Torres del Paine

No Glaciar Grey você tem a opção de fazer algumas atividades interessantes, como caiaque e caminhada no glaciar, mas para que dê tempo suficiente é recomendável que você durma no Refúgio ou no camping Grey, e volte para o Paine Grande no dia seguinte. Se você tem interesse nessas atividades, dê uma olhada no site da Big Foot.

Como falei, nós fizemos ida e volta no mesmo dia e passamos a noite em uma barraca do Camping do Refúgio Paine Grande. Aqui nós também aproveitamos e jantamos no restaurante do próprio Refúgio, mas muita gente do camping se reunia no refeitório do camping para preparar sua comida. Aqui também você encontra banheiros ótimos pra banho.

Veja abaixo algumas fotos da estrutura do camping e da comida do restaurante:

A barraca com jantar para duas pessoas nos custou aproximadamente R$ 473, e você faz a reserva, inclusive da refeição, no site da Vertice Patagônia.

Dia 4

No dia seguinte pegamos o catamarã logo cedo do Paine Grande em direção à Cafeteria Pudeto, onde nossa van estava estacionada.

De lá, pegamos a van e partimos para o lado oposto do Parque, mais especificamente onde fica a Guadería Laguna Amarga. A Guarderia Laguna Amarga também é um ponto onde você pode estacionar o seu carro e dormir de forma oficial, pois há banheiro (sem banho) disponível.

O trajeto entre Pudeto e a Guardería Laguna Amarga é lindo, com vários mirantes. Você certamente vai parar ao longo do trajeto para tirar algumas fotos. Existem algumas trilhas também, caso você tenha interesse.

Nós fomos direto para a Laguna Azul, uma linda lagoa de água cristalina, onde você pode fazer trilhas. O próprio trajeto de carro entre a Guadería Laguna Amarga e a Laguna Azul é lindo demais, com vistas incríveis das Torres, e como muita chance de ver bandos de Guanácos selvagens pastando. As fotos abaixo foram todas tiradas nesse percurso de carro.

Na Laguna Azul, fizemos uma trilha super tranquila, sem subidas, e éramos praticamente nós e ninguém mais o tempo todo.

Com tempo aberto você terá uma linda visão das Torres ao fundo. Aos que quiserem, a trilha segue muito além de onde paramos e decidimos voltar, e você pode visitar a Laguna Cebolla, que é na continuação (aproximadamente 6 km depois da Laguna Azul).

Quando voltamos da trilha, fizemos nosso almoço e comemos por ali mesmo. Certamente outro ponto alto de nosso roteiro de carro por Torres del Paine.

Roteiro de carro por Torres del Paine
Foto do nosso almoço na Laguna Azul com as Torres ao fundo.

Da Laguna Azul fomos para onde dormiríamos à noite, que foi o estacionamento do centro de boas vindas do Parque, que fica próximo ao Refúgio Torre Central e Torre Norte.

O ponto vermelho abaixo é onde dormimos, e os refúgios e camping na esquerda é de onde boa parte das pessoas partem para fazer a trilha até o Mirador Base de las Torres, ou seja, estávamos muito bem localizados.

O centro de boas vinda fica aberto até ás 20h, e você tem Wi-Fi (pago) e banheiros (que fecham às 20h também). Há também uma cafeteria.

Em tese o estacionamento não recebe motor homes, mas quando perguntamos se poderíamos dormir ali, a funcionária disse que não é oficialmente liberado, mas que ninguém se incomoda e muita gente para por ali.

Ainda podemos usar o banho do camping (uma caminhada de um pouco mais de 5 minutos) sem pagar nada.

Dia 5

Esse é o dia de fazer a trilha até o Mirador Base Las Torres, um dos pontos altos de quem visita Torres del Paine.

Nós acordamos cedo para tentar chegar nas Torres antes da maioria das pessoas. Pulamos da cama às 6:30, fizemos nosso café da manhã na van, e partimos.

A trilha até o Mirador Base Las Torres é de aproximadamente 11 km, mas ao contrário do Glaciar Grey, essa trilha é de constante subida. Veja o log da trilha abaixo. Ela basicamente se divide em 4 trechos.

Entre o ponto de onde saímos (Refugio Torre Central) e o Mirador Base Las Torres ainda existem dois pontos onde você pode dormir: O Refúgio e Camping Chilenos, que tem uma estrutura bem legal, e o camping Torres, que fica bem na base do ponto que você começa a subida final ao Mirador. Este último é apenas camping, sem muita estrutura. Abaixo algumas fotos do Chilenos e da pizza que comemos por lá na nossa descida das Torres.

Infelizmente, nós não tivemos muita sorte. Apesar de o dia estar aberto em boa parte da trilha, quando chegamos na última parte nuvens densas estavam cobrindo as torres. Fazia bastante frio e nevava, mas ainda assim subimos com alguma esperança, mas não teve jeito. Não conseguimos enxergar as torres.

O jeito foi descer. Como a trilha é bem puxada em razão das subidas, quando chegamos lá embaixo tomamos mais um banho no banheiro do camping do Refúgio Torres Central, e depois partimos de volta para Punta Arenas para entregar a van na Wicked.

E assim terminava nosso roteiro de carro por Torres del Paine.

Se você tiver alguma dúvida comenta abaixo!

E se você puder ajudar o blog, use nossos links para fazer reservas no Booking.com, para aluguel de carro no Rentcars, e para seguro viagem dá uma lida no post que fiz analisando os melhores seguros para trilhas e aventuras em geral.

Cadastre seu e-mail para receber as dicas de viagem e fotografia do GetOutside.

14 thoughts on “Roteiro de carro por Torres del Paine

  1. Pingback: Tudo que você precisa saber sobre Torres del Paine - GetOutside

  2. Luiz Jorge says:

    Parabéns, pelas postagens de Torres del Paine. Já fiz o circuito W e agora estou querendo levar minha esposa e filha de 15 anos para conhecerem em janeiro de 2020. Não vou fazer o W, pois elas não estão acostumadas com trilhas. Vou usar o roteiro de carro de vcs e fazer umas partes.

  3. Rosane Bachmann Dalpiaz says:

    Olá!
    Ótimo relato e obrigada pelas dicas.
    Excelente opção para pessoas como eu e meu marido que não temos condições de fazer muito trekking, mas que também não quer ficar presos a roteiros de passeios “full day” .

  4. Kelly Rocha Schmitt says:

    Opa Alessandro, show o roteiro de vcs, me diz uma coisa, estamos com a mesma dificuldade de hospedagem, então a idéia é locar um carro tbm, mas como é para circular dentro do Parque TDP? pode estacionar em qualquer lugar ou tem locais específicos de estacionamento? e pode dormir de boa dentro do carro? Precisa pagar alguma taxa diferenciada pelo veiculo? Te agradeço qualquer luz nesse sentido.

    • Alessandro De Franceschi says:

      Oi Kelly! Circular pelo parque é super de boa. As estradas são todas de terra, mas em boas condições. Existem lugares específicos para você estacionar o carro por períodos maiores, mas as estradas são bem vazias, então se você quiser parar para tirar foto etc é de boa. Para dormir, existem lugares onde é autorizado, basicamente onde você tem banheiro disponível, mas acho difícil alguém incomodar você se você dormir em outros lugares. Minha sensação é de que você pode dormir praticamente em qualquer lugar, mas vale uma olhada no app iOverlander. Nesse app a galera de motorhome vai postando onde dormiu e as infos do lugar (se tem água, banheiro, muito vento, barulho, se alguém falou pra sair, etc).

      Não há uma taxa específica para carro.

      Abs

  5. Kelly Rocha Schmitt says:

    Obrigada pelo retorno Alessandro. Já alugamos o carro e organizamos o roteiro, com a ajuda das tuas publicações, mas se tu não se importar, mais uma dúvida, como funciona o pagamento do ingresso ao Parque com essa função do carro? Pagaremos um ingresso somente e permanecemos lá dentro ou cada deslocamento de cada dia teremos que pagar ingresso novo?

  6. Sonia Mindlin says:

    Oi Alessandro, muito bom o roteiro! Também pretendo ir a Torres del Paine em janeiro de 2020 e fazer passeios de carro pois não pretendemos encarar trilhas longas. Fiquei com uma dúvida: não tem onde abastecer o carro perto das entradas do parque? Só Puerto Natales mesmo? Nós vamos descer de El Calafate, você tem alguma idéia de onde será o último lugar pra abastecer vindo de lá?

  7. Sonia Mindlin says:

    Obrigada em todo caso, Alessandro. Vamos nos organizar com essa questão do combústivel e na volta da viagem posso compartilhar aqui as soluções que encontrarmos. Abs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.