fbpx

A Praia da Ponta Negra é um reduto de sossego, com mar esverdeado e traços da cultura caiçara. É um destino inusitado, e indicado para quem gosta de trilhar.

Conhecemos a Praia da Ponta Negra no feriado do dia 12 de Outubro e adoramos a região. Seguem as nossas dicas sobre a Praia da Ponta Negra para te ajudar a planejar a próxima viagem.

Como chegar na Praia da Ponta Negra

A Praia da Ponta Negra fica localizada em Paraty, no sul do estado do Rio de Janeiro, a aproximadamente 270 km da capital carioca e 285 km de São Paulo capital.

O ponto mais próximo da Praia da Ponta Negra acessível de carro é a Praia do Meio, em Trindade, ou o Condomínio Laranjeiras.

O trajeto de carro saindo de São Paulo capital é pela Rodovia Ayrton Senna, seguindo pela Rodovia Governador Carvalho Pinto até a estrada de Trindade em Paraty, de lá siga até a Praia do Meio, em Trindade, ou em direção ao Condomínio Laranjeiras.

Saindo da capital do Rio de Janeiro o caminho é pela Rodovia Mário Covas e BR-101 até Paraty, de onde é acessível a estrada de Trindade.

Para ir de ônibus é necessário seguir até a rodoviária de Paraty e de lá embarcar na linha 1040 até a Vila Oratório (Laranjeiras). A empresa Reunidas Paulista faz o percurso de São Paulo até Paraty e, saindo do Rio de Janeiro, o percurso é feito pela empresa Costa Verde.

Praia da Ponta Negra
Praia da Ponta Negra

Da Praia do Meio ou do Condomínio Laranjeiras o trajeto de barco até a Praia da Ponta Negra dura, respectivamente, cerca de 35 minutos e 25 minutos. Optando por ir pelo Condomínio Laranjeiras, é possível estacionar o carro na rua, sendo que geralmente os moradores de modo informal cobram um valor para tanto. Também é possível alugar um cantinho no quintal de alguma casa para deixar o carro mais seguro ou parar no estacionamento da associação da comunidade laranjeiras que fica logo na entrada do condomínio, em um campo de futebol. O valor da diária do estacionamento da associação é de R$20.

O condomínio laranjeiras fornece uma van gratuita da entrada do condomínio até o local de pegar o barco para a travessia. A travessia de barco custa em média R$40 por pessoa.

Trilha até a Praia da Ponta Negra

Para quem gosta de se aventurar, a Praia da Ponta Negra também é acessível por trilha a partir da entrada do Condomínio Laranjeiras. Se a sua opção for a trilha tem um segundo estacionamento mais próximo ao seu início do que o estacionamento da associação. É só seguir um pouco mais a frente, passando a porta de entrada do condomínio, a padaria e o estacionamento da associação.

Saindo de Laranjeiras de trilha até a Ponta Negra, são aproximadamente 7km de trilha, passando por praias paradisíacas e cachoeiras, que fazem o trajeto valer a pena. No decorrer do caminho a trilha passa pela:

  • Praia do Sono, após 3km de caminhada, uma praia de águas cristalinas e com estrutura para hospedagem e alimentação;
  • Poço do Jacaré, um poço formado pela água doce da cachoeira e a mata nativa preservada;
  • Praia dos Antigos e Praia dos Antiguinhos, duas praias praticamente desertas;
  • Praia das Galhetas, a formação rochosa, embora dificulte o banho de mar, traz um charme especial para a praia; e
  • Cachoeira das Galhetas, uma delícia para um banho de água doce, com uma queda de água doce que faz o caminho valer a pena.

Após a Cachoeira das Galhetas a próxima parada é a praia da Ponta Negra, nosso destino final.

Sobre a Praia da Ponta Negra

Um poço de água esmeralda cercado por uma estrutura montanhosa de Mata Atlântica preservada. A Praia da Ponta Negra, além de muito bonita, é um lugar pouco explorado pelos turistas. Os fortes traços da cultura caiçara da comunidade e os pescadores à beira mar trazem um charme para o lugar.

Praia da Ponta Negrs

As piscinas naturais de água doce nas redondezas da praia, como o Saco Bravo e Poço do Moisés, e o córrego de água de cachoeira que desce em encontro com a praia, conhecido como Córrego do Caju, são atrativos para quem vai visitar a região.

O que fazer na Praia da Ponta Negra

Além de curtir uma praia, beber uma cerveja no boteco pé-na-areia e descansar, existem alguns programas nos arredores da Praia da Ponta Negra que valem a pena entrar na lista.

A cachoeira do Saco Bravo atrai vários visitantes para a região e não é a toa. A queda d’água forma uma piscina natural de água doce com direito a vista panorâmica da praia. São 4km de trilha com muitas subidas e descidas para chegar a cachoeira. Não a visitamos porque em razão das chuvas que ocorreram nos dias anteriores não teria como entrar na piscina natural e a trilha para acesso estaria muito ruim. Recomendamos que você verifique com os locais como está o acesso ao Saco Bravo antes de encarar a trilha. Para mais detalhes sobre a cachoeira do Saco Bravo os blogs Trekking Brasil, Seu Mochilão e Seguindo Viagem escreveram posts sobre o assunto.

O Poço do Moisés também é uma piscina natural formada nos arredores da praia da Ponta Negra, pergunte para qualquer morador da vila que ele te explicará como chegar ao poço.

Se você não veio para a Ponta Negra de trilha, vale muito a pena a caminhada para conhecer a Cachoeira das Galhetas. É aproximadamente 1km de trilha até a Cachoeira das Galhetas, fizemos o trajeto em 20 minutos. Galhetas é ótima para mergulhar e tem uma queda d’água que vale a pena. De Galhetas até a Praia dos Antigos e Praia dos Antiguinhos a trilha percorre mais aproximadamente 1,3km. As praias são muito bonitas e praticamente desertas.

Onde ficar na Praia da Ponta Negra

Não são muitas as opções de hospedagem na Praia da Ponta Negra, mas é possível encontrar algumas casas para aluguel, campings e pousadas:

Vila do Teteco Ecopousada: praticamente a única pousada que tem na Praia da Ponta Negra. A pousada fica localizada mais para dentro da vila dos pescadores, a 300m da praia, em um gramado arborizado. Consegue unir o charme rústico do local com conforto. O café da manhã é delicioso. A Dona Maria, responsável pela cozinha, prepara o café na hora, com direito a frutas, pão, suco de laranja, ovos e bolo caseiro. Para quem vai alugar casa ou acampar, é possível tomar café da manhã na pousada por R$25.

Casa ou chalés para aluguel: algumas opções de hospedagem são as casas da comunidade disponíveis para aluguel como a Casa da Luara, a Casa do Afonso, Chalé que acomoda quatro pessoas e Chalé que acomoda seis pessoas.

Praia da Ponta Negra
Praia da Ponta Negra

Se você reservar alguma das pousadas usando um dos links acima o blog ganha uma pequena comissão e você não paga nada a mais por isso (obrigada!).

Onde comer na Praia da Ponta Negra

Há dois bons restaurantes na Praia da Ponta Negra: o Restaurante do Teteco e Olhar Caiçara Restaurante, ambos localizados na beira da praia.

Os dois restaurantes servem petiscos e pratos caseiros, preparados pelos locais. O estilo de comida dos restaurantes é bem parecido. Também é possível beber uma cerveja ou uma caipirinha na praia.

Optamos por ir no Restaurante do Teteco, porque estava mais tranquilo para sentar. A comida é muito boa, feita na hora. No cardápio as únicas opções vegetarianas são a salada, o açaí e batata frita, mas é só conversar que eles preparam um prato super gostoso com farofa de cenoura, puré de banana-da-terra, legumes grelhados, arroz e feijão.

Além desses, ouvimos falar do Restaura da Branca que fica no camping, mas não conhecemos.

Dicas

Energia elétrica chegou há pouco tempo na Ponta Negra, de modo que em alguns locais ainda não há fiação elétrica. Vale a pena levar um carregador portátil para celular e evitar levar aparelhos a base de energia elétrica.

Não leve sapatos de salto alto, você basicamente só andará com o pé-na-areia.

Praia da Ponta Negrs

Se sua opção de hospedagem for uma casa ou um quarto na região, não espere encontrar um mercadinho com suprimentos. Traga o que você for precisar para preparar suas refeições ou vá em algum dos restaurantes.

Não funciona o sinal de celular na praia, por isso, embora alguns lugares aceitem cartão de crédito/débito, é comum dar problema ou demorar para a máquina conseguir passar o cartão. Melhor levar dinheiro.

Fique atento com a sinalização das praias locais. Em algumas delas há correnteza forte e risco de afogamento e na região não tem salva vidas.

One thought on “O que você precisa saber sobre a Praia da Ponta Negra

  1. Pingback: As praias mais bonitas de Santa Catarina - GetOutside

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.