Certa vez li a seguinte frase em um livro sobre fotografia de viagens:

Isso porque as pessoas são interessantes. A maneira, o jeito de vestir e as atividades delas revelam mais sobre um destino do que a arquitetura ou a topografia

Lembro que esse livro dava algumas dicas e contava histórias de fotógrafos e suas abordagens para fotografar pessoas. Certamente fotografar pessoas nem sempre é uma tarefa fácil, ainda mais considerando que em algumas culturas as pessoas não gostam de ser fotografadas. Acho que é um dever do fotógrafo ter o bom senso de quando fotografar, de como abordar a pessoa e de como reagir em uma situação inusitada. Eu, particularmente, concordo plenamente com a frase do livro. Acho que fotos de pessoas são tão ou mais ricas do que fotos de monumentos/paisagens e etc.

Os que gostam de fotografar pessoas em suas viagens já devem ter se deparado com inúmeras situações e abaixo eu destaco as que eu enfrentei. Alguns locais estavam simplesmente sendo eles mesmos, outros estavam naquele lugar justamente para ser fotografados, alguns me pediram dinheiro, alguns posaram por vontade própria e outros nem sequer notaram.

#1. Beduíno em uma feluca no Rio Nilo em Aswan, Egito.

Essa foto foi tirada na minha viagem ao Egito, em 2007. Esse beduíno era um dos locais que estava conduzindo nossa feluca em um viagem que fizemos pelo Rio Nilo, de Aswan até um local próximo a Luxor. Tirei essa foto enquanto ele manejava o barco e ele nem notou, o que deu um ar de naturalidade à cena.Beduíno, Aswan

#2. Menino com a camiseta da seleção brasileira no Egito

Essa foto também foi tirada no Egito em 2007, enquanto esperávamos nossa feluca zarpar de Aswan. Apesar da luz não ter ajudado muito, gosto dessa foto pelo fato do menino egípcio estar usando a amarelinha e por estar com um belo sorriso no rosto!Aswan, Egito

#3. Menino Egípcio no Cairo

Outra foto do Egito em 2007, essa foi tirada mais precisamente na parte de fora do parque das Pirâmides de Gyza, em Cairo. O menino era um dos guias de nosso passeio de camelo para assistir ao por do sol. Cairo

#4. Guia da Inka Jungle Trek, Peru

Nosso guia na Inka Jungle Trek (Amoroso é o nome da fera) pintando o rosto da minha namorada. Amoroso, Machu Picchu

#5. Senhora na Isla del Sol, Bolívia

Ela vinha descendo e eu subindo a ladeira. Cansada, se sentou à minha frente e eu pedi para tirar uma foto. A resposta foi “paga me señor”. Essa bela foto me custou 5Bs, o que seria algo como R$ 1,50. Tirei a foto na trilha do norte ao sul da Isla del Sol, na Bolívia.
"paga me señor"

#6. Chola em La Paz, Bolívia

Eu pedi para tirar uma foto e ela prontamente aceitou, mas não sorriu na primeira. Pedi, então, para ela sorrir e vi que ela não tinha boa parte dos dentes, por isso, penso eu, o sorriso tímido da foto. Apesar de ter acontecido com duas pessoas na Bolívia, dessa vez não precisei pagar. A foto foi tirada no Valle de La Lunna, em La Paz.
Valle de La Lunna

#7. Menina e a Alpaca, Cusco, Peru

Gosto das cores nessa foto. A menina é tão colorida que quase não se nota a alpaca à esquerda dela. A parte ruim é que ela é uma daquelas pessoas que ficam ali montadas para fotos dos turistas e, óbvio, espera ser paga por isso. Desembolsei algo em torno de 2 soles, o que dá R$ 1,60. Tirei essa foto no bairro de San Blás, em Cusco.
Cusco

#8. Rapper Dominicano

Ele não era rapper, era o cara que nos buscava para irmos mergulhar em Punta Cana. Mas o cara era tão marrento que tive que fotografá-lo.
Punta Cana

#9. Menino na Isla del Sol, Bolívia

Pedi para tirar uma foto dele e ele prontamente disse que só se eu pagasse 20 Bs. Negociamos e fechamos em 5Bs! A foto foi tirada na trilha do norte ao sul da Isla del Sol, na Bolívia.
Isla del Sol

#10. Bichos, por que não?

Por que não incluir bichos nessa lista? Ok, o título do post fala em “pessoas”. Mas fora a questão semântica (e natural), não vejo porque não incluir alguns bichos aqui. Alguns bichos até gostam de posar e certamente não pedirão dinheiro, apesar de algum humano possivelmente pedir em nome do animal. Abaixo uma lhama em Machu Picchu, um cachorro de rua em Cusco, um camelo sorridente no Cairo e um boxer dorminhoco na Inka Jungle Trek, no Peru.

Machu Picchu

Cusco em Cusco

Camelo em Cairo

Boxer, Inka Jungle Trek

1 COMENTÁRIO

DEIXAR UMA RESPOSTA

Coloque seu comentário
Coloque seu nome