As castas

Em Agra, visitamos uma loja que decorava pedras de mármore e esse senhor era um dos artistas que trabalhavam o mármore. Na demonstração que tivemos, o senhor que conversava e apresentava o trabalho aos turistas tratava o homem da foto com tanto desprezo e superioridade que eu não conseguia prestar atenção em mais nada. Foi a primeira vez que fiquei abalado com a questão das castas. Eu olhava para aquele homem e via que ele não tinha um pingo sequer de auto estima. Ser humilhado fazia parte do seu dia a dia. Peguei todo o dinheiro que tinha no bolso e dei pra ele e me recusei a seguir o tour dentro da loja.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.