Já estava na hora de conhecer o Caribe e também já estava na hora de fazer um upgrade na minha carreira de mergulhador. Então, partimos em fevereiro de 2012 para conhecer Punta Cana.

A República Dominicana, e mais especificamente Punta Cana, se tornou um destino muito popular entre os brasileiros recentemente, muito em razão do baixo valor que os pacotes all-inclusive (hospedagem inclui todas as refeições, além de bebidas e lanches) são oferecidos pelas agências de turismo. Não sou um grande fã de destinos populares (não gosto de multidão), mas preciso admitir que Punta Cana me surpreendeu. Veja porque:

[mapsmarker layer=”3″]

Ficamos eu e minha namorada hospedados por 7 dias no Carabela Beach Resort & Casino em Punta Cana. Apesar de ser um pouco avesso a pacotes, neste caso achamos uma boa oferta e acabamos optando por essa opção. Além de Punta Cana fizemos um passeio de um dia até La Romana (não incluso no pacote), mais ao sul, para mergulharmos naquela região.

O resort Carabela, apesar de visivelmente antigo e não muito luxuoso era muito agradável e confortável. As refeições eram muito boas, apesar dos pratos se repetirem praticamente todos os dias. A infraestrutura também era muito boa, com piscinas de tamanho médio, aqueles famosos animadores, bares na piscina e na beira da praia, disponibilização de toalhas e cadeiras aos hóspedes (inclusive na beira da praia), dentre outras coisas.

Punta Cana

Punta Cana em si é realmente lotada de turistas. Na primeira manhã fizemos uma longa caminhada pela praia e pudemos constatar a enorme quantidade de resorts na região, todos praticamente lotados, com turistas de todos os lugares do mundo. Além de muitos brasileiros, russos, americanos e europeus estavam em grande presença por lá.

A praia de Bavaro é realmente muito bonita, e foi a parte da viagem que mais me surpreendeu. Sinceramente eu esperava um local um pouco mais artificial e não tão bonito.

Punta Cana

Nossos dias foram divididos em tempo de praia (onde aproveitamos para descansar) e tempos de mergulho (5 no total).

Existe um shopping center que fica próximo à praia de Bavaro, em direção ao aeroporto, e um micro ônibus faz o transporte entre os resorts e o shopping. Lá existe um cinema, alguns restaurantes, dentre eles o Hard Rock, e algumas lojas. Fizemos algumas compras por lá, porém os preços não eram os mais atrativos do mundo.

Shopping Center

Nossa atividade se concentrou basicamente na praia e infelizmente não pudemos conhecer a verdadeira Punta Cana, aquela atrás dos resorts, mas isso fica para uma próxima visita. No entanto, quando fomos para La Romana (distante 90 km de Punta Cana) pudemos observar um pouco da realidade do país.

A República Dominicana é um país claramente pobre, com problemas sociais evidentes. Falta luz constantemente e os serviços básicos são precários para a maioria da população. O país está localizado em uma ilha, a qual é dividida com o Haiti, país notadamente pobre. Muitos haitianos vivem na República Dominicana, o que certamente agrava os problemas sociais, como a falta de emprego, acesso às condições básicas de vida e etc. Obviamente essa triste realidade não afeta os resorts, já que o país depende e muito do turismo.

Algumas fotos de Punta Cana:

Punta Cana

Punta Cana

Punta Cana

Punta Cana

Punta CanaPunta CanaPunta CanaPunta CanaPunta CanaPunta Cana

Mergulho

Aproveitei a ida à Punta Cana para fazer o Advanced Open Water, curso de mergulhador avançado da PADI, com a Pelicano Dive. A instrutora Chris, uma alemã que mora há décadas na República Dominicana é excelente e eu a recomendo a todos.

Pesquisei inúmeros outros resorts e quase fechei com a Dressel Divers, porém a conversa que tive com a Chris me deixou bem confortável e eu fiquei com a Pelicano mesmo. Meu resort não era bem próximo ao Pelicano, mas sempre que necessário a Chris mandava alguém nos buscar no Carabela, de barco.

Simpático Dominicano que nos buscava no Carabela
Simpático Dominicano que nos buscava no Carabela

Como queria fazer uma boa quantidade de mergulhos, fechei o curso avançado da PADI, com 5 mergulhos, sendo 2 deles na região de La Romana. Verdade seja dita, Punta Cana é banhada pelo mar do atlântico, ou seja, não é o mar do caribe propriamente dito. A região de La Romana, mais notadamente Isla Catalina e Isla Saona (2 excelentes pontos de mergulho da região), está localizada no mar do caribe, e via de regra os mergulhos são melhores que em Punta Cana.

Em La Romana fiz os dois mergulhos na Isla Catalina, um no ponto conhecido como The Wall, um paredão que desce abruptamente de aproximadamente 6 metros para 35. O outro ponto é conhecido como The Aquarium, um mergulho bem mais raso e com excelente visibilidade.

Pontos de mergulho, Isla Catalina
A: The Wall. B: The Aquarium

Ambos os mergulhos foram muito bons, tranquilos, com excelente visibilidade, o grupo era muito bacana e a Chris sensacional. No quesito vida marinha Fernando de Noronha e a Ilha Grande são superiores, na minha opinião.

Os três mergulhos de Punta Cana (Peter’s Wreck e 2x El Niño) foram bons, com uma vida marinha interessante, principalmente a grande quantidade de lionfish (acho esse peixe muito bonito) no Peter’s Wreck. O único inconveniente é que no dia que fui ao Peter’s Wreck tinha uma corrente forte e o mar estava um pouco agitado.

El Niño, por sua vez, é um mergulho bem raso, mas com uma boa quantidade de peixes, o que permitiu boas fotos.

Veja abaixo um vídeos dos mergulhos:

Se você estiver precisando de seguro viagem, sugiro que deem uma lida no post que fiz sobre o melhor seguro de viagem de aventura.

Veja abaixo o meu logbook dos 5 mergulhos:

Mergulho #1 – The  Wall, Isla Catalina, La Romana, República Dominicana

Data: 21 de fevereiro de 2012
Profundidade: 35 metros
Duração: 40 minutos
Tipo: Mergulho profundo
Visibilidade: 30 metros

The Wall, Isla Catalina, La Romana
The Wall, Isla Catalina, La Romana

Mergulho #2 – The  Aquarium, Isla Catalina, La Romana, República Dominicana

Data: 21 de fevereiro de 2012
Profundidade: 12 metros
Duração: 55 minutos
Tipo: Identificação de peixes (fish ID)
Visibilidade: 30 metros

 

Aquarium, Isla Catalina
Aquarium, Isla Catalina
Lion fish, Aquarium, Isla Catalina
Lion fish, Aquarium, Isla Catalina

The AquariumThe Aquarium

 

Mergulho #3 – Peter’s Wreck, Bavaro, Punta Cana, República Dominicana

Data: 22 de fevereiro de 2012
Profundidade: 15 metros
Duração: 50 minutos
Tipo: Naufrágio
Visibilidade: 20 metros

Peter's WreckPeter's WreckPeter's WreckPeter's Wreck

Peter's Wreck
Peter’s Wreck – Lion fish

Peter's Wreck

Peter's Wreck
Peter’s Wreck – Lionfish

 

Mergulho #4 – El Niño, Bavaro, Punta Cana, República Dominicana

Data: 24 de fevereiro de 2012
Profundidade: 6 metros
Duração: 50 minutos
Tipo: Peak Performance Buoyancy
Visibilidade: 15 metros

El NiñoEl NiñoEl NiñoEl Niño

Mergulho #5 – El Niño, Bavaro, Punta Cana, República Dominicana

Data: 24 de fevereiro de 2012
Profundidade: 6 metros
Duração: 50 minutos
Tipo: Navegação
Visibilidade: 15 metros

El NiñoEl Niño

Se esse post te ajudou de alguma forma, curte e compartilha clicando nos botões abaixo. É de graça e fará um blogueiro muito feliz!

16 COMENTÁRIOS

  1. Oi Luciana, obrigado pelo comentário! Na própria praia de Bavaro, que é a principal de Punta Cana, não vi muitos locais para o snorkel. Apesar de você ver alguns corais por ali, existe um trânsito frequente de barcos, então depois de uma linha demarcada lá não se recomenda nadar.

    De todo modo, um dos melhores mergulhos que fiz nessa trip foi em Punta Cana, que foi no El Niño, que fica em Punta Cana mesmo, apesar de ser um pouco longe da praia principal e dos resorts. Assim, você irá precisar fazer contato com alguma operadora de mergulho e ver se tem saída para snorkel. Normalmente as operadoras levam tanto pessoal para snorkel, como para mergulho, então você não terá problema para achar uma trip.

    Já na Isla Catalina, no meu barco a maioria foi para fazer snorkel, e o lugar é espetacular. Se você tiver a oportunidade de fazer essa viagem seria muito legal!

    Qualquer dúvida avisa aí!

    bjs

  2. Saudações cara,

    Estou indo para Punta Cana em janeiro próximo! Vou com a família toda.

    Você tem alguma indicação legal de snorkel para crianças com 7 anos? Outra dúvida: compensa levar o kit snorkel ou alugar lá?

    • Fala Dorival, tudo bem? Cara, esse passeio da Isla Catalina é legal para crianças. As águas são bem calmas, tem bastante coral na beira da praia e a vida marinha é interessante. Em Punta Cana mesmo você pode brincar na beira da praia, mas não tem muita coisa interessante. Como a praia é agitada (inclusive com barcos passando a todo momento), talvez seja uma boa você fazer algum passeio com uma escola de mergulho. Eles tem viagens para snorkel para lugares mais tranquilos e interessantes.
      Sobre equipamento, eu sempre levo a minha máscara ao menos, pois tenho a certeza que não terei problemas com máscara rasgada, não adaptada para o meu rosto, etc. Se você puder levar, ótimo, se não, você aluga facilmente por lá.
      Abraço e boa viagem!

  3. Boa Tarde Alessandro,
    estou indo daqui a 4 dias com meu esposo em Lua de Mel, ele nunca mergulhou mas está doido para fazer mergulho. É possível mergulhar lá sem possuir curso? Sabes média de preço?
    Obrigada

    • Claro que é possível mergulhar sem curso, você faz o que se chama de batismo! Infelizmente não sei a média de preços, pois faz muito tempo que estive por lá, mas se você olhar os sites das escolas você encontra facilmente. O batismo é chamado em inglês de discovery dive. Abs e boa viagem!

  4. BOM DIA, ESTAREI INDO PARA PUNTA CANA DIA 21/11/15, E ESTOU NA DUVIDA ENTRE ISLA SAONA E ISLA CATALINA, SENDO QUE NÃO VOU FAZER MERGULHO, APENAS SNORKEL, O QUE VOCÊ INDICA?
    OBRIGADA 🙂

DEIXAR UMA RESPOSTA

Coloque seu comentário
Coloque seu nome