Na snowtrip de 2014 passei 3 dias em Villa La Angostura, que é a cidade base do centro de ski Cerro Bayo.

Essa parada em Villa La Angostura não estava planejada, então tivemos que achar um lugar para ficar 2 dias antes de sairmos de Bariloche. Pelo Google, acabei chegando no Hostel La Angostura, uma bela surpresa!

É um casarão muito aconchegante, com uma área de convívio muito grande e bem estruturada.

Leia também:
Esqui Cerro Bayo e Villa La Angostura
Esqui em Chapelco

Ah, se você vai passar por Buenos Aires em sua viagem, sugiro uma lida nos seguintes posts do Tulio, do Aires Buenos: 101 coisas para fazer em Buenos Aires e quanto dinheiro levar para Buenos Aires.

O vídeo abaixo, tirado do próprio site do Hostel, dá uma boa ideia da estrutura deles:

Localização

O Hostel fica localizado a 200 metros do terminal de ônibus de Villa La Angostura. A rua não é asfaltada, mas estava em boas condições quando passei por lá.

Achei a localização boa, já que se pode ir caminhando facilmente até o centro da cidade, onde estão todas as lojas, restaurantes e demais comércios.

Café da manhã

O café da manhã, servido das 8 às 10, está incluído na hospedagem, mas é bem simples, basicamente um pão (com manteiga, geleia e doce de leite à disposição) e chá, leite e café. Não há sucos ou frutas à disposição. Talvez o café da manhã seja o ponto fraco do hostel!

Estrutura

O hostel é muito bem estruturado.

Na frente existe um estacionamento espaçoso e gratuito, e logo na entrada você se depara com a imensa área de convívio, que possui uma sala de TV e uma GIGANTE coleção de DVDs (gigante mesmo!). No mesmo recinto encontra-se uma mesa de sinuca (para jogar se paga AR$ 15) e as mesas onde é servido o café da manhã.

Nos fundos tem churrasqueira, parilla, mesa de ping pong e mais um grande espaço de convívio.

Cozinha

A cozinha é espaçosa e bem equipada. Existem duas geladeiras para você guardar suas comidas e bebidas e um fogão grande para preparar suas refeições, além de microondas, pratos, talheres, copos, etc. A regra, como não poderia deixar de ser, é usou, lavou!

É possível também comprar bebidas, mas os preços são meio altos, praticamente o dobro do mercado local.

Quartos

Ficamos hospedados em um quarto quádruplo compartido, mas que ficou só para nós em razão de não haver mais quartos duplos. O quarto é simples, mas bem confortável e com banheiro privado. A área dos quartos é isolada da área de convívio, então o barulho não chega nos quartos.

Os quartos compartilhados possuem lockers dentro dos quartos, basta pedir a chave na recepção. Toalhas não estão incluídas na hospedagem dos quartos compartilhados, mas estão disponíveis para aluguel ao preço de AR$ 15. Na recepção também é possível comprar sabonete, shampoo e condicionador ao preço de AR$ 5.

Banheiros

O banheiro privado do nosso quarto era bem bom, e o chuveiro funcionou perfeitamente, com água quente.

Lavanderia

O hostel possui lavanderia para uso dos hospedes.

Wi-Fi

O Wi-Fi funciona muito bem, mas somente na área do convívio. Não há sinal na área dos quartos.

No hall de entrada existem dois computadores com acesso à internet para uso gratuito dos hospedes.

Atendimento e serviços

Eles não possuem transfer ao Cerro Bayo, mas é possível agendar na recepção. O valor para ida e volta era de AR$ 80. O atendimento é excepcional e o povo da recepção é muito simpático e prestativo. Quando precisei de taxi e transfer ao Cerro Bayo fui prontamente ajudado.

O hostel não oferece jantar ou almoço, mas é possível pedir pizza e outras comidas. Existe um mural com muitas referências à disposição.

Preço

O quarto duplo matrimonial saiu por AR$ 450 a diária. Como não havia mais quartos duplos disponíveis, pagamos esse mesmo valor para “bloquear” um quarto quádruplo.

Uma cama em um quarto compartilhado saía por AR$ 150. Membros da Hostelling International possuem desconto.

Para maiores informações, acesse o site do hostel.

1 COMENTÁRIO

DEIXAR UMA RESPOSTA

Coloque seu comentário
Coloque seu nome