Já estive na Ilha Grande em duas ocasiões. Na primeira, em 2010, fiz meu check out do curso open water da PADI. Na segunda oportunidade, fui à Ilha Grande no feriado de páscoa em 2012.

Foram percepções bem diferentes da Ilha. Na primeira oportunidade conheci um lugar sem muitas pessoas, com belezas naturais exuberantes. Na segunda, as belezas naturais ainda estavam lá, mas o local estava tomado de gente, e a experiência já não teve a mesma boa impressão. O acesso fácil à Ilha Grande talvez traga consequências irreparáveis à preservação ambiental, mas de um modo geral, a ilha ainda possui muitos atrativos.

Como falei, chegar na Ilha Grande é muito fácil. A maneira mais simples (que utilizei nas duas vezes que fui) é pegando a balsa que sai de Mangaratiba. Para maiores informações, clique aqui.

Existem muitas pousadas na ilha, para todos os bolsos e gostos. Existem dois lugares muito bons para se pesquisar essas opções de hospedagem: o site http://www.ilhagrande.org e o site http://www.ilhagrande.com.br.

Na minha primeira passada pela ilha, fiquei hospedado na Pousada dos Meros e achei excelente. Bons quartos, bom café da manhã, bom atendimento e um bar na frente da pousada que vende crepes deliciosos. Na segunda passada fiquei hospedado na Pousada Recanto das Flores, que também é um lugar que recomendo, porém um pouco mais afastado do agito da praia do Abraão.

Tanto em 2010, como em 2012 fiz meus mergulhos com a operadora Abudefduf. O dono, Ricardo, é um cariocão boa praça, gente boa demais. Recomendo!

Abaixo, segue o logbook dos mergulhos que fiz por lá:

Mergulhos de 2010 – Ilha de Jorge Grego

Sem dúvida o melhor mergulho que fiz na Ilha, e talvez um dos melhores que já fiz na vida. Fui ao Jorge Grego na visita de 2010.

A Ilha de Jorge Grego fica em frente à praia de Lopes Mendes, e no lado oposto ao porto do Abraão. Isso significa, dependendo da embarcação, um longo tempo de viagem até lá. Mas, na minha opinião, é um mergulho que compensa. Existe uma grande variedade de vida marinha e de formações rochosas, com passagens em túneis e etc. Foi possível, inclusive, ver golfinhos no mergulho que fiz.

Mergulho #1
Mergulho #2 
Data: 10 de fevereiro de 2010
Tempo de fundo: 52 minutos
Profundidade: 18 metros
Visibilidade: 10 metros
Temperatura da água: 24 C
Data: 10 de fevereiro de 2010
Tempo de fundo: 56 minutos
Profundidade: 15 metros
Visibilidade: 10 metros
Temperatura da água: 24 C

Veja abaixo um vídeo que fiz por lá:

Mergulho Jorge Grego
Mergulho Jorge Grego

Mergulhos de 2012 – Ilha do Meio e Ilha Molar

Esses pontos ficam próximos ao porto de Abraão e, por consequência, não tem a preservação que se encontra em Jorge Grego. De todo modo, apesar disso e da visibilidade bem ruim, foi possível ver polvos, moreias e etc.

Mergulho #1 – Ilha do Meio
Mergulho #2 – Ilha do Meio
Mergulho #3 – Ilha do Molar
Data: 6 de abril de 2012
Tempo de fundo: 60 minutos
Profundidade: 10 metros
Visibilidade: 6 metros
Temperatura da água: 20 C
Data: 8 de abril de 2012
Tempo de fundo: 60 minutos
Profundidade: 10 metros
Visibilidade: 8 metros
Temperatura da água: 20 C
Data: 8 de abril de 2012
Tempo de fundo: 60 minutos
Profundidade: 10 metros
Visibilidade: 6 metros
Temperatura da água: 20 C

 

Polvo
Polvo

 Sobre a Ilha Grande

Mesmo para quem não mergulha, a Ilha Grande é um lugar com muitos atrativos. Abaixo, alguns dos principais, na minha opinião:

Praia de Lopes Mendes

Seguramente uma das praias mais lindas do Brasil. O acesso só é possível por barco ou trilha e não há estruturas de serviço na praia (bares, banheiros e etc). O acesso mais comum é saindo de barco do Abraão até uma praia próxima seguido de uma trilha de aproximadamente 30 minutos.

Não deixe de conhecer Lopes Mendes!

Lopes Mendes
Lopes Mendes

Lagoa Azul e Lagoa Verde

Excelentes locais para mergulho livre. Muitos passeios de scuna e lanchas fazem paradas nesses locais. Leve máscara e snorkell e aproveite!

Lagoa Azul
Lagoa Azul

3 COMENTÁRIOS

DEIXAR UMA RESPOSTA

Coloque seu comentário
Coloque seu nome