Se você está lendo este blog em busca de um destino para visitar, pare por aqui.

Se eu pudesse escolher um lugar para estar agora, seria Dahab. Dahab é demais, na noite ou no dia, um oásis para os mochileiros. Se estiveres indo ao Egito, conheça Dahab, principalmente se você é uma pessoa da água, como eu.

Todos que já me ouviram falar sobre Dahab ficaram, no mínimo, curiosos, e eu não sei se consigo realmente expressar em palavras o quão espetacular esse lugar é. A combinação deserto, céu azul e mar cristalino encheram meus olhos.

Dahab

Estive em Dahab em 2007, e a impressão que fiquei é que a cidade parece ter sido feita para os mochileiros. Nas palavras do Lonely Planet, Dahab é o nirvana dos mochileiros. Como amante do mar, o que me deixava extasiado durante o dia era o fato de que boa parte de Dahab possui a barreira de corais na beira da praia, ou seja, você precisa de máscara, snorkel, nadadeiras e mais nada para explorar o reef. Sem barcos! E o melhor, a água é cristalina, a vida marinha na beira da praia é exuberante, e essa combinação fazia com que eu ficasse na água praticamente o dia todo. Ah, uma câmera à prova d’água também ajudou nessa combinação.

Dahab

Aos que curtem mergulho, existem inúmeros centros de mergulho na cidade. Aliás, a grande maioria das hospedagens oferece pacotes com desconto aos que pretendem mergulhar.

Dahab é uma cidade pequena e toda a atividade turística se concentra praticamente na beira da praia. De um lado o deserto, no meio o mar vermelho e do outro lado, a Arábia Saudita. À noite, todos vão para os restaurantes que ficam na beira da praia e o clima é espetacular. Foram raros os lugares que me fizeram ficar tão à vontade e relaxado. Iluminação por tochas, velas, povo deitado e sentado em almofadas espalhadas pelo chão e curtindo a noite quase sempre agradável. Não deixe de ir no restaurante Funny Mummy e, qualquer coisa que você precisar, fale com o Jimmy!

Veja todas as fotos da viagem ao Egito aqui.

Como chegar

Dahab fica na península do Sinai, com o deserto a suas costas e o mar vermelho à sua frente.

[mapsmarker layer=”13″]

Existem voos para a cidade vizinha de Sharm-el-sheik. De Sharm-el-sheik é possível pegar uma van ou taxi para Dahab. Quando fui à Dahab, peguei um avião saindo de Luxor, em um voo que era parte do pacote que fechei com o King Tut Hostel, ainda no Cairo.

É possível também chegar por terra, com ônibus regulares saindo do Cairo, em uma viagem que dura aproximadamente 10 horas. Quando voltei de Dahab para o Cairo, peguei um ônibus local e a experiência foi um tanto quanto singular. Pneu furado, calor escaldante, curiosos te analisando a todo momento, barreiras policiais e aquela incerteza sobre a chegada. É preciso levar em conta que o Egito, apesar de receber muitos turistas, é um país muito pobre e com tradições islâmica que vem se acentuando nos últimos anos.

Existem também outras opções para chegar à Dahab, como uma balsa partindo de Hurghada. Para maiores informações, recomendo esse site aqui.

Onde ficar

Dahab é bem servida de hospedagens, tendo opções para praticamente todos os gostos e bolsos, desde resorts caros a hostel por US$ 4 a noite. Eu acertei minha hospedagem ainda no Cairo e fiquei hospedado em um hostel novo, que ainda não tinha nem um nome sequer.

Opções para o pessoal de orçamento curto: Penguin Village, Yasmina Hotel e Bishbishi Garden Village. Para maiores informações e reviews, acesse esse link aqui.

O que fazer

Em Dahab não faltarão atividades para você.

Mergulho – Dahab é um destino top de mergulho. As condições são muito propícias para a prática dessa atividade. Água cristalina, barreira de corais na beira da praia, calor e céu limpo praticamente o ano todo e vida marinha exuberante.

Infelizmente, quando estive em Dahab não era mergulhador certificado, e também não me aventurei no batismo, uma pena.

Mergulho livre ou flutuação (snorkelling) – Aos que não mergulham, mas querem ter um contato com a vida marinha de Dahab, snorkelling já é uma excelente opção. Como a bancada de corais fica na beira da praia, Dahab (e praticamente toda a região) é perfeita para a prática do snorkelling. A combinação não poderia ser melhor: sol praticamente o ano todo, calor, água cristalina, bancada de corais na beira da praia e muita vida marinha. Quem não possui equipamento (máscara, snorkel, nadadeira) pode alugar facilmente ao longo da praia. Não deixe de fazer uma visita ao Blue Hole, um conhecido ponto de snorkelling e mergulho na região.

 

Blue Hole, Dahab
Blue Hole, Dahab

Nascer do Sol no Monte Sinai e o Monastério de St. Catherine – Um passeio que fiz em minha passada por Dahab foi a subida ao Monte Sinai para ver o nascer do sol.

A saída é de van, de Dahab, perto das 23hs. De lá, a excursão parte até o ponto de partida da trilha, no pé do Monte. A trilha leva em torno de 3 horas, no escuro e em terreno irregular. Assim, um mínimo de preparo é exigido, além de lanternas! Ah, e por incrível que pareça, faz muito frio lá em cima, então leve um casaco. Depois de toda a subida, a paisagem compensa.

Nascer do Sol, Monte Sinaii
Verdade seja dita, a própria noite, com o céu estrelado, já seria um bom motivo para subir até lá. Mas o nascer do sol é realmente bonito e eu recomendo aos que tiverem disposição.

Depois do nascer do sol, a multidão começa a descida, que é bem cansativa e exige atenção, já que o terreno é escorregadio e cheio de pedras. No pé da montanha, é possível visitar o Monastério de St. Catherine, um monastério do século 6 e que ainda encontra-se em funcionamento.

Outras opções de atividade – Como falei, não faltam opções de aventura em Dahab. Algumas outras opções de atividade incluem:

Windsurf e Kitesurf: As condições de vento em Dahab são invejáveis e os praticantes dessas modalidades tem na região um prato cheio. Contatos: http://www.harry-nass.com/ e http://www.gpkite.net/.

Desert Safari: Que tal fazer um safari no deserto? A Sinai Safari possui pacotes de 1 a 14 dias. Maiores informações no site da empresa: http://www.sinai-safari.com/. Outra empresa da região é a Dahab Safari. Fazer um safari no deserto talvez seja a melhor opção para se conhecer a cultura local.

Escalada e trilhas: Existem inúmeras opções de trilhas e escaladas na região. Para maiores informações, sugiro a Desert Divers

 

2 COMENTÁRIOS

    • Aline, como eu fui em 2007 (há mais de 7 anos atrás), já nem me recordo dos preços praticados. Também acho que não te ajudaria muito, porque certamente os preços subiram. Mas Dahab é conhecida por ser uma alternativa barata comparada a Sharm-el-sheik, apesar de também contar com alguns resorts. Assim, acho que os preços não devem ser assustadores.

      Lembro que quando estive por lá os preços eram baixos, se bem que na época eu morava em Londres e minha moeda era a libra.

      Abraço e se precisar de mais alguma ajuda avisa!

DEIXAR UMA RESPOSTA

Coloque seu comentário
Coloque seu nome